Images de page
PDF
ePub

MEDEIRA (Eduardo)-

Nova philosophiæ et medicina. Lisboa, 1650, in-8.°

Encontram-se n'esta obra dous artigos que tratam de Musica: Inaudita philosophia de Viribus musicæ, e: De Tarentula.

MENDES (Manoel)

XXVII.) Arte de Cantochão, em Ms. Parece que estava na Bibliotheca Real de Musica.

MENDONÇA (Luiz de Pina e)

?) Varios opusculos pertencentes á theoria da musica.
Parece que foram publicados em 1650 (?)

MENEZES (Fr. Luiz Cesar de)-

?) Escreveu uma obra sobre Cantochão, em 8 vol. (?) Ms. (?)

MILHEIRO (Antonio)

XXVIII.) Tratado theorico da Musica. Ms.

Devia existir, ou na Bibliotheca Real de Musica, ou na Livraria de Francisco de Valladolid.

MONTE (Fr. José do Espirito Santo)

35.) Vindicias do Tritono com um breve exame theorico-critico das legitimas, solidas, e verdadeiras regras do Canto Ecclesiastico segundo os usos presente, e antigo da Santa Madre Igreja de Roma, Dirigido á maior gloria do Deos Altissimo, utilidade e perfeição dos Ministros de toda a Igreja Lusitana. Lisboa: Na Officina de Simão Thaddeo Ferreira. Anno M. DCC. XCI, in-4.o de VIII-92 pag.

Possuimos um exemplar.

MORAES (D. João da Soledade) —

36.) Methodo de Musica. 1833.

MORATO (João Vaz Barradas Muito Pão e) —

37.) Flores Musicaes colhidas no Jardim da melhor Lição de varios Authores. Arte pratica de Canto de Orgão. Indice de Cantoria para principiantes, com um breve resummo das regras mais principaes de a Companhar com Instrumentos de vozes, e o conhe cimento dos Tons assim naturaes como accidentaes. Offerecida ao Senhor D. Gabriel Antonio Gomes, &c. por João Vaz Barradas Muito Pam e Morato. Lisboa Occidental, Na Officina da Musica. Anno de 1735, in-4.° de XVI-120 pag.

Possuimos um exemplar.

Esta indicação das paginas, é de I. da Silva (Dicc. Bibl., vol. IV, pag. 47); a paginação do nosso exemplar, não concorda com a antecedente, sendo de XII-113 pag.

2.a edição, com o titulo um pouco alterado, sic:

Flores musicaes colhidas no jardim da melhor lição de varios authores. Arte practica de Canto de Orgão. Indice de Ceremonia para principiantes com hum breve resumo das regras mais principaes de acompanhar com instrumentos as vozes, e o conhecimento dos tons assim naturaes como accidentaes. Lisboa, na Officina da Musica, 1738, in-4.o

A esta 2.a edição falta a parte relativa ao Cantochão, que foi publicada em separado. (Vide N.o 40.)

Como se vê, a variante dos dous titulos é insignificante e cifra-se apenas nas palavras Indice de Cantoria e Indice de Ceremonia; talvez que esta differença não seja real e que Forkel, o author d'ella, se enganasse; é verdade, que o N.o 39 indica uma obra com um titulo que corresponde á differença entre os das

duas edições, mas talvez que este ultimo livro (N.° 39) seja apenas um fragmento da 2.a edição da obra primitiva, porque a data e a typographia coincidem; não obstante, Barbosa Machado (Bibl. Lusit., vol. II, pag. 784 e 785) diz que foi impresso em separado.

38.) Preceitos Ecclesiasticos de Canto-firme para beneficio e uzo commum de todos. Lisboa, na Officina Joaquiniana da Musica, 1733, in-4.°

39.) Indice de Ceremonias para principiantes com um breve resumo das regras mais principaes do acompanhamento com instrumentos, as vozes e o conhecimento dos tons assim naturaes como accidentaes. Lisboa, na Officina da Musica, 1738, in-4.°

Parece ser uma edição em separado, da parte correspondente nas Flores musicaes.

40.) Breve resumo de Cantochão com as regras mais principaes e a fórma que deve guardar o Director do Côro para o sustentar firme na corda chamada: Coral e o Organista quando o acompanha. Lisboa, na Officina da Musica, 1738, in-4.°

XXIX.) Breve resumo de Cantochão, dedicado a El-Rei D. João IV. Ms.

Existia na Bibliotheca real de Lisboa; talvez fosse o autographo do N.° 40.

MOURA (P. José Luiz Gomes de)

41.) Methodo para aprender o Cantochão. 1825, in-4.o, 3.a edição.

Ignoram-se as datas das duas edições antecedentes.

[ocr errors][merged small]

De Regis institutione, et disciplina, libr, octo. Colonia, 1588, in-8.°

No livro IV, pag. 122-125, encontra-se um capitulo que trata: De Musica liberalis disciplina; Musica regibus maximè necessaria, cantu ad flectendum animum nihil efficacius.

[blocks in formation]

42.) Arte de Muzica para viola franceza com regras do acompanhamento. Para uso de todas as Pessoas, que queirão applicar-se a toca-la por Muzica, e mesmo para as, que não quizerem fazer a dita applicação. Braga, 1839, in-4.o de iv-18 pag., com uma estampa; publicou-se com as iniciaes I. P. S. S.

Possuimos um exemplar.

PEDROSO (Manoel de Moraes)—

43.) Compendio musico ou Arte abbreviada Em que se contèm as regras mais necessarias da Cantoria, Acompanhamento e Contraponto. Offerecido á mais armoniosa cantora do Ceo Maria Santissima com o soberano titulo da Assumpção. Porto, na

Officina do capitão Manoel Pedroso Coimbra, 1751, in-4.o de

2-47 pag.

Esta edição é em caracteres vermelhos e pretos, e em bom

papel.

2.a edição.

Com o mesmo titulo. Ibid., na Officina de Antonio Alvares Ribeiro Guimaraens, e á sua custa impressa. Anno de 1769, in-4.° de IV-47 pag.

Esta edição é inferior å primeira, pelo lado typographico.
Possuimos um exemplar.

PEREIRA (Thomaz)

44.) Methodo de Musica practica e especulativa, em 4 Partes (?)

Foi publicado na lingua Sinica, segundo Barbosa Machado (Bibl. Lusit., vol. I, pag. 746) e segundo o Bispo-Conde (Lista, 49) em Chinez. O Imperador da China mandou-o traduzir em Tartaro.

PINEDO (Thomaz de) Lusitanus

Commentario Auctorum. Amstel. Edit. 1678, fol.

N'esta obra encontram-se duas excellentes dissertações, sobre a Musica Mathematica e a Arithmetica Analogica.

PINHEIRO (Luiz) — Vide Fr. Luiz de S. Francisco.

« PrécédentContinuer »