Images de page
PDF
ePub

despeza poder o Mosteiro cobrar annualmente as suas rendas, lhe concede S. Mag.te o Privilegio de trazer os seus Contendores á Corte, sendo Juiz privativo o Corregedor do Civel da Corte da 1. Vara; e que as suas rendas e dividas sejão cobradas executivamente, como se fossem da Fazenda Real; como tudo consta do seguinte Alvará do 1.o de Julho de 1782.

=

«Eu a Rainha: Faço saber aos que este Alvará virem: «Que havendo Eu fundado o novo Mosteiro Dedicado ao <S.mo Coração de Jezús, para ser povoado pelas Religio<< zas Carmelitas Descalças, ficando na minha Real e imme<«<diata Protecção, e no Meu perpetuo Padroado, e dotando-o com as rendas que possue situadas nas differentes « Provincias d'estes Reinos: Considerando, que para o fu<< turo seria ás sobreditas Religiozas summamente difficil <a arrecadação das mesmas rendas, se houvessem de pas<< sar pelo grave detrimento de recorrerem ás Justiças Or<< dinarias dos Lugares, em que as ditas rendas são situa<< das; ou em que rezidirem os seus Rendeiros e devedores, para os obrigarem a pagar-lhes, no cazo de serem reni<< tentes: Hei por bem, e por Graça especialissima, que <«< nunca será allegada para servir de exemplo, conceder á << Priora e Religiozas do sobredito Mosteiro, o Privilegio < perpetuo de poderem trazer os seus Contendores á Corte; «e que em todas, e quaesquer cauzas, em que sejão Auto<ras ou Rés seja seu Juiz Privativo o Corregedor do Ci< vel da Corte da Primeira Vara, em 1.a Instancia, dando <appellação e agravo para a Caza da Supplicação nos ca

[ocr errors]

zos occorrentes.

E por um effeito exuberante da Minha Real Attenção << ás sobreditas Religiozas, para mais acautelar e evitar, «que as cobranças das suas rendas não sejão expostas aos <<< atrazos e demoras que costumão praticar devedores or«<gulhozos: Hey outro-sim por bem conceder-lhes a outra << maior Graça, de que as suas referidas rendas, e dividas sejão cobradas executivamente, como se fossem dividas «<e rendas da Minha Real Fazenda : Dispensando a este << fim em todas e quaesquer Leys, Alvarás, Decretos e Re«zoluções contrarias, e ainda aquellas que necessitarião << de uma especial, e especifica menção: Por que tal é a « minha Real Vontade e Mercê.

«

[ocr errors]

a

«Pelo que: Mando á Meza do Dezembargo do Paço: Regedor da Caza da Supplicação; Prezidente do Meu Real Erario; Governador da Relação, e Caza do Porto; « Conselhos de Minha Real Fazenda e Ultramar; e a todos «os Magistrados, Juizes, Justiças, e mais Officiaes, a quem «<o cumprimento d'este Alvará deva e haja de pertencer, «que o cumpram e guardem, fação cumprir e guardar tão inteira e inviolavelmente, como n'elle se conthêm, sem <duvida ou embargo algum, qualquer elle seja. E ao « D.' Antonio Freire de Andrade Encerrabodes, do Meu • Conselho, Dezembargador do Paço, e Chanceller Mór « d'estes Reinos, Mando que o faça publicar na Chancella«ria, e que seja registado nos Livros d'ella a que tocar: «Remettendo-se os Exemplares impressos d'elle debaixo do Meu Sello, e seu sinal a todas as Cabeças de Comarca, e mais partes a que se costumão remetter: E « enviando-se este original, para ser guardado no Meu Real « Archivo da Torre do Tombo.

« Dado no Palacio de Queluz em o 1.o de Julho de 1782. «Rainha Com guarda Visconde de Villa Nova da « Cerveira.&

=

=

Está alterado este Alvará pelo de Fevereiro de 1799. O Convento é Senhor dos Aqueductos do mesmo, por compra feita á Junta das Aguas livres, por Escriptura publica.

CAPITULO 19.°

Da Solemne Trasladação do Corpo do Ex.mo e Rev.mo D. Fr. Ignacio de S. Caetano, Arcebispo de Thesalonica, Inquisidor Geral e Confessor de S. Mags.

§ 1. Pouco mais de 14 mezes havião passado depois do falecimento do Arcebispo Inquizidor Geral, jazendo em todo este tempo no Convento de S. João da Cruz dos Carmelitas Descalços do lugar de Carnide, suburbios d'esta Corte, na Capella do Sacramento, e naquella mesma Caza que honrára, e que illustrára tanto.

Entretanto se não podia, como grata, esquecer a Priora d'este Real Mosteiro D. Thereza de Jezus, da memoria do Arcebispo, a quem por 33 annos confiou o que era da sua consciencia, mas como esta Bazilica não estava de todo acabada, não se podia o corpo do Arcebispo honrar com melhor sepultura, nem piedozamente cumprir-se a derradeira vontade d'elle Arcebispo, que fora a de ser sepultado n'esta Bazilica, da qual elle fora como um 2.o Fundador, pelo muito que promoveu a obra da mesma.

§ 2.o Mas foi o mesmo ver-se concluida a obra da Bazilica, para que logo se visse levantar na Sacristia um

honrado, nobre, e soberbo moimento, para servir de deposito perpetuo do Arcebispo; de modo que no dia 5 de Fevereiro se ordenou a sua Trasladação. Obtidas antes para isso as faculdades necessarias, ordenando-se que esta Bazilica se vestisse da armação competente, e que no meio do Cruzeiro se levantasse uma magnifica Éça, tudo guarnecido na maneira que mostra a fiel relação, que nos deu o Armador, deste theor:=

[ocr errors]

<< Na Capella Mór, Capella do Santissimo, e em todas <as mais estavão postos Doceis de Damasco roxo, e as << Tribunas de S. Mags." estavão armadas de roxo, e todas <as portas tinhão reposteiros de setim preto, e o Coreto da Muzica, que era no Cruzeiro da parte da Epistola, estava armado de preto: o pavimento de toda a Capella Mór, e o da Capella do Santissimo, e o de todas as mais Capellas, estavão cubertos de preto, na Capella Mór o vão que fica por baixo da Tribuna, e o outro da parte da Epistola, ambos estavão armados de damasco roxo e « com cadeiras para a acomodação de Ministros Estrangeiros, e Principáes da S. Igreja Patriarchal.

«No Cruzeiro estavão bancos de ambos os lados, e no <«< centro era a Quadratura para as Communidades, que «cantárão o Officio no dia seguinte, e todos os ditos ban«<cos estavão cubertos de preto, e servirão para a Corte, e Tribunal do S.to Officio, e Prelados das Religiões: em todo o corpo da Igreja estavão tambem muitos bancos « cubertos de preto para todas as mais pessoas que assis

« tirão.

Logo ao entrar da porta da Igreja estava armada uma «tarimba para descançarem com o caixão, e no meio do

« PrécédentContinuer »