Collecção de tratados e concertos de pazes que o estado da India portugueza fez com os reis e senhores com quem teve relações nas partes da Asia e Africa Oriental desde o principio da conquista até ao fim do seculo XVIII, Volume 5

Couverture
Imprensa nacional, 1884

À l'intérieur du livre

Pages sélectionnées

Table des matières

Autres éditions - Tout afficher

Fréquemment cités

Page 319 - João por Graça de Deus Rey de Portugal e dos Algarves, d'aquem e dalem mar em Africa Senhor de Guiné e da conquista, navegação e commercio de Ethiopia, Arabia, Persia...
Page 320 - Costa conselheiros do seu Conselho Ultramarino e se passou por duas vias. Theotonio Pereira de Castro a fez em Lisboa Occidental a quinze de Junho de mil e setecentos e vinte.
Page 318 - Conselheiros do seu Conselho Ultramarino, e se passou por duas vias. Manuel Gomes da Silva a fez em Lisboa a 26 de Jâneiro de 1715.
Page 234 - Ecclesiae rem agi conspicimus insistere valeant, et insistant, quos sublatis quibusvis dispendiis amplioribus, seu per nos, et Sedem Apostolicam favoribus, et gratiis munitos fore conspexerint, de praemissis omnibus, et singulis plenissime informati motu proprio, non ad ipsorum Alfonsi Regis et Infantis, vel alterius pro eis nobis super hoc oblatae petitionis instantiam maturaque prius desuper deliberatione praehabita auctoritate Apostolica, et ex certa scientia de Apostolicae potestatis plenitudine...
Page 237 - Motu proprio, non ad alicujus nobis super hoc oblatae petitionis instantiam, sed de nostra mera deliberatione et...
Page 237 - ... omnes et singulos defectus tam juris, quam facti si qui forsan intervenerint in eisdem...
Page 288 - Roiz da Costa eo Doutor Francisco Monteiro de Miranda Conselheiros do seu Conselho Ultramarino e se passou por duas vias.
Page 237 - ... mobilia, et immobilia, ubicumque consistentia per eundem Emanuelem Regem, et predecessores suos a dictis infidelibus, etiam solitaria...
Page 314 - O Secretario André Lopes de Lavre a fez escrever. João Telles da Silva José Gomes de Azevedo.
Page 305 - Notifico-o assim a todas minhas justiças, officiaes, e pessoas, a quem o conhecimento disto pertencer, e lhes mando que assim o cumpram, e guardem, e façam inteiramente cumprir e guardar, sem duvida nem embargo algum, que a ello seja posto, porque assim é minha mercê.

Informations bibliographiques